Cringe, cheugy, normie? Desvendando o significado por trás das gírias da GenZ

por Izabela Suzuki

Tudo começou através de uma simples pergunta sobre o que a Geração Z achava cringe nos millennials, e a partir daí vieram avalanches de coisas que nós não conseguimos entender até agora, por exemplo, usar calças skinny e sapatilhas de bico redondo, ou melhor, beber café e pagar boletos - se alguém descobrir como não pagar boletos, avisa a gente por favor!

E como se não bastasse o fato de termos que lidar que estamos virando adultos cringe, precisamos nos atualizar e aprender várias outras gírias da GenZ. Mas, por aqui nós não deixamos nada escapar e trouxemos um dicionário completo para você entender de uma vez por todas o que essas gírias significam, então se você é millennial e não quer ficar por fora, vem com a gente:

_cringe

Beber café? Cafona! Calças skinny? Cafona! Sapatilhas de bico redondo? Cafona! Bom, isso é basicamente o que a gíria “Cringe” quer dizer. 

_cheugy

Sabe aquela tendência desatualizada que às vezes temos vontade de usar? Então, “cheugy” é uma mistura de “brega” com “cringe”.  

_mandrake

É caracterizado como um estilo que surgiu dentro da cultura funk no Brasil e pode significar como “estiloso” e "descolado".

_based

Aquela pessoa autêntica e descolada pode ser considerada “based”. Ou seja, é ao contrário de cringe.

Olívia Rodrigo - Geração Z - Cringe - Inverno  - Steal the Look  - https://stealthelook.com.br
Foto: Olívia Rodrigo (Reprodução/Billboard)

A Olívia Rodrigo é, com certeza, uma inspiração de estilo e tendência para os GenZ e temos certeza de que ela não é nem um pouco normie. 

_normie

Esse termo pode ser usado quando alguma tendência ou meme, por exemplo, viram “genéricos demais”, algo que tenha perdido sua originalidade. 

_indie

Agora, se você está procurando fugir dos padrões, então o termo usado é “indie”, ao contrário de normie.

 

_period

É dado como um “ponto final” na frase, por exemplo: “O Harry Styles é o homem mais lindo do mundo, period”. 

 

_stan

O termo é usado para caracterizar os fãs de determinado artista ou coisa. O termo surgiu devido a música “Stan” do artista Eminem, que fala sobre um fã obcecado (porém, você não precisa chegar nesse nível, rs). 

Deixe um Comentário
Você também vai gostar