Sem data para esses dates: oi, sumida

por Giovana Marcon

Segundo o estudo do Dr. Justin Lehmiller, aproximadamente uma em cada cinco pessoas recebeu um “oi, sumida” nos últimos dois meses. E mais da metade dessas pessoas alegam ter entrado em contato com o(a) ex apenas para saber como estavam durante a quarentena. Um grupo bem menor admitiu ter segundas intenções. Mas seja você do grupo que recebeu ou do grupo que mandou a mensagem, é totalmente compreensível. Não contávamos com uma pandemia global, então acho que posso afirmar que ninguém estava preparado para lidar com o isolamento e distanciamento social. Se ainda não bateu, acredite, a carência de quarentena vai bater - e não digo só romântica e sexualmente. Mesmo que você esteja isolado com alguém, a ausência de outras pessoas tem um grande impacto no nosso psicológico.

Sophie King - lettering - lettering - lettering - lettering - https://stealthelook.com.br
Foto: Sophie King (Reprodução/Instagram)


Mas é aí que temos que tomar cuidado. Para não deixar a quarentena ganhar o melhor de nós. Sim, estamos nos sentindo mais sozinhas, mas até onde é válido se sujeitar à relacionamos tóxicos, ou possíveis ex-namorados(as) que levam o prefixo ex por algum motivo, só para mascarar a carência? Sim, estamos com mais tempo ocioso, o que nos leva a pensar mais sobre o passado e o futuro, e que as circunstâncias são tentadoras para nos fazer render ao que é familiar. Que qualquer coisa é melhor do que estar sozinha. Com a ansiedade causada pela pandemia e a reclusão, a nossa cabeça acaba indo para lugares que normalmente não iria. 

Sophie King - lettering - lettering - lettering - lettering - https://stealthelook.com.br
Foto: Sophie King (Reprodução/Instagram)

Se você quiser responder o “oi, sumida”, está tudo bem. Se for um cara que te deu um perdido e voltou como se nada tivesse acontecido, não tem problema dar um pouco de trela e descobrir o que ele quer. Se seu dedo está coçando para responder, vale se perguntar “O que eu espero dessa conversa? Que caminho eu quero que essa conversa tome? Existe algo que eu queira ou precise dessa interação que vai me afetar positivamente?” E se você tem qualquer suspeita de que esse contato pode te fazer mal de alguma maneira, saiba que você tem todo o direito de ignorar a mensagem. Corra para uma amiga, abra um aplicativo de namoro e veja o que ele tem a oferecer, ou até me mande uma DM e me conte sua crise! As intenções podem ser as melhores, mas jamais, em circunstância nenhuma, sujeite seu psicológico e saúde mental só para não deixar uma pessoa no vácuo. Combinado?

STEAL THE LOOK ON instagram


Deixe um Comentário
Você também vai gostar