Seria esse acessório polêmico a próxima obsessão das fashionistas?

por Giulia Coronato

Em um mar de tendências Y2K e entre uma nova geração que ama e celebra cada vez mais a década mais controvérsia da moda, não é de se espantar que esse acessório polêmico dê as caras novamente. O bracelete de bíceps foi muito usado durante o início dos anos 2000 e se depender da última temporada internacional, o item vai voltar a ser parte dos looks fashionistas da Primavera/Verão 2022.

À primeira vista, o bíceps parece um lugar inofensivo e não muito decorável, mas, ao ser preenchido e abraçado por um brecelete, ele se mostra uma parte do corpo super sexy e fashionista. O item trendy foi fortemente usado durante três momentos, começou na década de 70, voltou nos anos 90 e se concetrizou mesmo durante o início do século, em nomes como Aaliyah, Nicole Kidman e Janet Jackson.

Anos depois, o acessório polêmico parece estar de volta. Depois de aparecer nos desfiles de marcas como Bluemarine, Tory Burch, Prada e Raf Simons, é apenas uma questão de tempo até que, Bella Hadid ou Zoë Kravitz adornem seus braços com eles, enquanto isso, deixamos nosso radar ligado e atento para novos adeptos da tendência. Para sair na frente e já apostar no item este ano, continue aqui e veja algumas inspirações e onde encontrá-lo: 

It girls - acessório polêmico - acessório polêmico - Primavera - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Dua Lipa (Reprodução/Instagram)

A maior trendsetter da atualidade, Dua Lipa, foi uma das primeiras celebridades a apostar o acessório polêmico. O que faz todo sentido, já que cada vez mais a cantora vem assumindo o estilo Y2K em suas produções. Aqui, o bracelete faz conjunto com os brincos e o look de Dua, todos estampados com borboletas e muito brilho

It girls - acessório polêmico - acessório polêmico - Primavera - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Mary-Kate Olsen (Reprodução)

Quando uma das gêmeas Olsen aposte em um item, pode crer, ele vai se tornar uma grande tendência. Há poucos meses, Mary-Kate Olsen apareceu com um set de braceletes minimalistas e sofisticados de prata no bíceps. A jóia foi o destaque do look, provando que o acessório é infalível na hora de dar um up em produções mais básicas.

It girls - acessório polêmico - acessório polêmico - Primavera - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Tory Burch (Reprodução/Vogue Runway)

Nas passarelas, o acessório polêmico também marcou presença, o que nos fez acreditar ainda mais na força e no futuro trendy que ele reserva. No desfile de Primavera 2022 de Tory Burch, o acessório veio com uma proposta que unia o futurista do retrô.

It girls - acessório polêmico - acessório polêmico - Primavera - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Blumarine (Reprodução/Vogue Runway)

Já no desfile da Blumarine, o acessório polêmico voltou para o sua década de origem e mergulhou em uma coleção que transitava dos anos 70 ao 90, com aspectos semelhantes desses dois momentos tão diversos. Na passarela da marca italina, vimos como a jóia é perfeita para as estações mais quentes do ano, onde normalmente ficamos com os braços à mostra.

It girls - acessório polêmico - acessório polêmico - Primavera - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Troye Sivan (Reprodução)

Outro lugar que o acessório polêmico apareceu, foi no Met Gala desse ano! O cantor e compositor Troye Sivan escolheu um modelo de couro - que se assemelhava a um cinto - para desfilar pelo tapete vermelho mais famoso do indústria da moda. Quem tem coragem de apostar?

Você também vai gostar