8 livros escritos por mulheres que você precisa conhecer no Dia Mundial do Livro

por Giulia Coronato

Hoje, dia 23 de abril, é comemorado o Dia Mundial do Livro! A data foi escolhida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura para celebrar a literatura, incentivar a leitura, homenagear e refletir sobre os direitos legais dos autores. Além disso, o dia é uma homenagem aos escritores Miguel de Cervantes e William Shakespeare, nomes gigantes da literatura que morreram em 23 de abril de 1616.

Nesse dia importante para a cultura e para o conhecimento mundial, vamos usar nosso espaço para celebrar autoras e suas obras mais importantes. Assim como a grande maioria dos mercados, o editorial também oferece mais espaço e visibilidade para homens brancos, segundo dados da Universidade de Brasília (UNB), 70% dos livros publicados por grandes editoras entre 1964 e 2014, foram escritos por homens, enquanto 90% das obras literárias foram escritas por brancos. 

Por isso, com o intuito de celebrar e fomentar cada vez mais as produções artísticas feitas por nós, neste Dia Mundial do Livro viemos te apresentar 8 obras incríveis e importantes que foram escritas por mulheres e que você não pode deixar de ler. Vem com a gente:

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Em casa - https://stealthelook.com.br

_quarto do despejo, carolina maria de jesus

Quarto de Despejo: diário de uma favelada, é o livro de uma autora brasileira publicado em 1960. A obra é basicamente o diário da autora, Carolina de Jesus, onde ela narra o seu dia a dia em uma das comunidades mais pobres da cidade de São Paulo. Em seu relato, ela descreve a dor, o sofrimento, a fome e as angústias dos moradores da comunidade e quais mudanças aconteceram nas favelas neste período da história brasileira. O livro é emocionante, atual e extremamente político, uma leitura necessária para todo brasileiro.

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Em casa - https://stealthelook.com.br

_e eu não sou uma mulher?, bell hooks

Uma obra fundamental para toda mulher, o título trata dos preconceitos socioculturais ainda presentes para mulheres, principalmente, mulheres negras. Um clássico do feminismo, Eu não sou uma mulher? tornou-se leitura obrigatória para as pessoas interessadas nas questões relacionadas à mulher negra na sociedade e na construção de um mundo sem opressão sexista e racial.

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Street Style - https://stealthelook.com.br

_todas as cores do céu, amita trasi

Todas as cores do céu é um livro emotivo e sentimental que trata de diversos temas importantes. A história gira em torno de Mukta e Tara, duas jovens indianas que constroem uma profunda e curta amizade, que é quebrada após Mukta ser sequestrada repentinamente. Muitos anos depois, Tara retorna à Índia para encontrar a amiga que, ao que tudo indica, vive em uma situação precária e violenta. 

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Em casa - https://stealthelook.com.br

_frankenstein, mary sheley

Você sabia que o clássico Frankenstein foi escrito por uma mulher? Considerado a primeira obra de ficção científica do mundo, o romance relata a história de Victor Frankenstein, um estudante de ciências que constrói um monstro em seu laboratório. A escritora Mary Shelley escreveu a obra quando tinha apenas 19 anos e foi primeiramente publicada em 1818, sem créditos para a autora. Atualmente costuma-se considerar a versão revisada da terceira edição do livro, publicada em 1831, como a definitiva. O clássico é indispensável para quem ama literatura!

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Em casa - https://stealthelook.com.br

_a menina da montanha, tara westover

Considerado por Bill Gates e Barack Obama o melhor livro do ano de 2018, A Menina da Montanha é uma autobiografia da autora Tara Westover. Nascida nas montanhas de Idaho, nos Estados Unidos, Tara era a caçula de sete irmãos e a sua vida girava em torno do fanatismo religioso do pai e do trabalho da mãe. Um conto sobre lealdade familiar e sobre o quão difícil é romper esses laços. Com intensa sensibilidade, Tara nos oferece uma história universal que resume o sentido da palavra família e educação, sendo uma das melhores indicações neste Dia Mundial do Livro.

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Street Style - https://stealthelook.com.br

_só garotos, patti smith

Um dos romances mais clássicos e históricos da literatura. Só Garotos é um best-seller autobiográfico, que conta a história de amor vivida pela escritora e rockeira Patti Smith e o fotógrafo Robert Mapplethorpe. É uma obra-prima sensível, sincera e apaixonada e conta como o amor se transforma e se adapta com o passar dos anos. Além da história tocante, o livro tem como cenário principalmente o final dos anos 60 e início dos 70, um período de intensa produção artística, logo, conta com diversas referências, acontecimentos e artistas marcantes. 

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Em casa - https://stealthelook.com.br

_o conto da aia, margaret atwood

Apesar da adaptação televisiva de O Conto da Aia ser super atual, o romance distópico da autora canadense Margaret Atwood data de 1985. A história situada na Nova Inglaterra de um futuro não tão distante, retrata a realidade da região que agora é parte de um sistema totalitário cristão, que derrubou o governo americano. A obra explora temas atuais em torno do patriarcado e do machismo e é um livro necessário para todo mundo ler ou adicionar na lista de leitura durante esse Dia Mundial do Livro.

It girls - Dia Mundial do Livro - Dia Mundial do Livro - Outono - Em casa - https://stealthelook.com.br

_amada, toni morrison

Para finalizar a lista de livros escritos por mulheres para conhecer neste Dia Mundial do Livro, apresentamos Amada. Baseado numa história real, Amada é ambientado em 1873, época em que os Estados Unidos começavam a lidar com as feridas da escravidão recém-abolida. Com um estilo de escrita próprio, Toni Morrison constrói uma narrativa complexa e dolorida. O romance é a obra mais conhecida da escritora, que recebeu o prêmio Nobel de Literatura de 1993, Amada ganhou o Pulitzer de 1988 e em 2006 foi eleito pelo New York Times, a obra de ficção mais importante dos últimos 25 anos nos Estados Unidos.

Você também vai gostar