Cartas de tarot: o que é e porque estamos obcecadas pelo assunto

por Inaê Ribeiro

A espiritualidade e a busca por autoconhecimento é algo que muitas pessoas estão buscando nos últimos tempos. Há quem desenvolva por meio da terapia, outras que potencializam através da astrologia, das anotações, e há quem busca esse autoconhecimento através das cartas de tarot - mas é importante lembrar que nenhum deles substitui a terapia com o acompanhamento de um médico especialista, tá? O interesse pelo tarô tem aumentado cada vez mais e, além da prática, o tema também tem sido abordado no mundo da moda. 

O tarô é um oráculo com 78 cartas que representam arquétipos humanos, sentimentos e situações, e é por isso que acreditamos que a pandemia tenha contribuído para o aumento do interesse no assunto. O momento de incertezas, em que fomos praticamente obrigados a nos conectar mais com nós mesmos, despertou o desejo e contribuiu para a busca de autoconhecimento através do baralho místico.

cartas de tarot - tarô/ tarot - cartas de tarot - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Astrolink (Reprodução)

A presença do misticismo está cada vez mais presente no nosso dia a dia, desde os sentimentos à moda, um exemplo é a marca francesa Dior, que durante a sua coleção de alta-costura primavera-verão 2021, trouxe o tarô como tema principal. Porém, esse não é um assunto novo na marca. Há relatos de que o criador da maison, Christian Dior, antes de lançar uma coleção, sempre consultava as cartas, em busca do que viria à frente. Na coleção, apresentada através de um fashion film, Dior buscou referências nas cartas de tarot do baralho italiano Visconti-Sforza, do século 15. Abaixo, você pode conferir a apresentação completa:

Para entender melhor sobre o assunto, conversamos com duas experts no assunto, começando com a Lívia Cadete, a nossa assistente de audiovisual, que aprendeu a tirar tarô com sua mãe, que foi ensinada pela sua avó. Foi a partir disso que ela aprendeu a gostar e começou a ler sobre. Lívia nos explicou o que é tarô, como ele funciona e você pode aprender, vem ver:

_mas afinal, o que é tarô?

Segundo Lívia, "o tarot é um oráculo com 78 cartas, sendo elas os arcanos maiores e os menores. Os arcanas maiores (22 cartas) representam os arquétipos humanos, ou seja, representam uma viagem que o ser humano faz dentro de si mesmo". Cada carta lida com grandes eventos da vida, que podem ser relacionados com carreira, amor e relacionamentos", explica, "já os arcanos menores, compostos por 56 cartas, representam eventos menores como situações e sentimentos". 

Também conversamos com a taróloga, Francine Olivieri, que acrescenta que o oráculo é capaz de mostrar o presente, passado e futuro e serve como um guia para a pessoa ter mais confiança para trilhar o caminho mais favorável para os seus propósitos.

_o que podemos perceber em uma tiragem?

As cartas de tarot irão orientar a pessoa em todos os pontos que ela possui interesse, desde questões mais complexas até as mais simples. É uma maneira de chamar a atenção do consulente aos sinais que estão ao seu redor, assim é possível evitar obstáculos ou se preparar para melhores oportunidades. O tarô irá orientar a pessoa em todos os pontos que ela possui interesse.

Lívia diz que muita coisa é possível perceber através das cartas de tarot, o interesse dela aprender veio em saber se a crush gostava dela - seria nosso sonho? -, ou descobrir se vinha a promoção no emprego. Mas ela conta que o tarô vai além disso: “depois que comecei a aprender, comecei a perceber que sempre tinha uma mensagem super profunda sobre alguma questão que eu nem tinha me dado conta que poderia ser um problema (ou uma solução)”, diz. 

Um momento que ela adora é tirar as cartas com as amigas, porque elas sempre ficam tentando deduzir o que aquela carta representa na vida de cada uma, o que gera conversas profundas.

Francine reforça de que não é adivinhação: “diferente do que muitos pensam, não trata-se de adivinhação, mas sim de uma análise sobre determinada situação feita por um cartomante ou um tarólogo”, explica, "por mais precisa que seja uma leitura, não significa uma solução pronta, e sim, orientação para a síntese dos fatos”.

_pandemia e tarot, qual a relação?

Existe um tipo de tarot, o tarot terapêutico, que consiste em utilizar as cartas e seus significados como forma de autoconhecimento, e este tipo é até mesmo usado em alguns segmentos da psicologia. Lívia acredita que a pandemia ajudou sim no aumento da procura pelas cartas de tarot: "antes, as cartas eram vistas como algo místico, para ver o futuro, mas não são só isso, elas também são uma ferramenta para o autoconhecimento", explica.

A astróloga e taróloga, Francine Olivieri, também vê a influência da pandemia no aumento da procura e diz que seria estranho se não houvesse. Por mais que o tarot possa trazer revelações tanto negativas quanto positivas, ele é uma verdade e lidar com isso, gera conforto, esperança e até mesmo melhoria.

_ferramenta de autoconhecimento

Há diversas formas do tarot ser usado, como conta a taróloga: "ele pode ser uma ferramenta terapêutica e também uma orientação pontual sobre uma certa questão ou área da vida", diz, "através das cartas é possível obter mais lucidez na tomada de decisões, preparar o mental e até mesmo fortalecer o psicológico para encarar o que está por vir", completa.

Temos o hábito de fugir dos problemas, de não encarar nossos medos, e o tarô ajuda a colocarmos isso para fora e analisar todos os pontos, e claro, se sabemos qual o problema, se o encaramos de frente e qual a solução mais fácil. Essa conclusão irá vir de você, a partir da sua experiência e conhecimento, já que as análises não oferecem soluções prontas, mas convidam à reflexão e ao amadurecimento interno e externo.

Agora conta pra gente: você se interessa pelo assunto ou já teve a experiência de jogar tarô? Comenta aqui em baixo e divide com a gente o seu relato!

Deixe um Comentário
Você também vai gostar