Desvendando as 12 casas do mapa astral

por Inaê Ribeiro

Ler o horóscopo já se tornou um hábito em nossa rotina e, pelo menos todo inicio de mês, procuramos as previsões astrológicas do nosso signo para nos prepararmos pelo que vem por aí. Ser fã de horóscopo despertou a curiosidade em muitas pessoas a respeito do mapa astral completo e com isso descobrimos que o tema é bem mais abrangente do que apenas as previsões astrológicas, ele envolve estudos de planetas e das doze casas do mapa. O último é um dos assuntos que mais gera dúvida em quem está iniciando o estudo do mapa, afinal, para que servem?

As casas do mapa astral são um dos elementos que mais tornam esse estudo fascinante. Cada planeta, asteroide ou ponto celestial existe dentro de uma casa e é esse posicionamento que irá apresentar dados sobre sua personalidade e como você lida com o mundo ao seu redor. Cada casa está associada a um signo diferente e elas são uma maneira de entender o seu passado, presente e futuro. O que acontece é que os planetas no céu se movem por esses domínios das casas e a partir disso diferentes eventos, tangíveis e emocionais, são acionados.

O seu mapa é criado a partir de como os planetas estavam no céu no momento do seu nascimento, por isso precisamos de tantos dados na hora de criar nosso mapa astral. Para saber mais, continue com a gente abaixo: 

mapa astral - astrologia - mapa astral - inverno - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Mapa do Zodiáco (Reprodução/Pinterest)

_o que são as casas

O nosso mapa é dividido em doze seções iguais, e essas são as casas, que giram a cada 24 horas, por isso é tão importante ter o seu horário de nascimento correto para criar seu mapa astral,  já que cada casa do mapa, representa duas horas de movimento do sol a cada dia. 

As casas do mapa representam diferentes traços da sua vida, de acordo com seu local e horário de nascimento, mostrando o seu presente e quais são os obstáculos que você enfrentará.

Se deparar com o mapa astral pode ser assustador, afinal são vários símbolos, alguns espaços cheios de dados, outros completamente vazios, e entender todos eles demanda tempo. O primeiro passo é encontrar o seu ascendente, ele é o ponto mais à esquerda da linha central do horizonte e revela qual signo do zodíaco estava emergindo do horizonte oriental quando você nasceu.

O ascendente é responsável por revelar o que encontraremos na vida e o planeta regente do nosso mapa. Nós o utilizamos para criar a arquitetura do gráfico de cada pessoa, então os mapas serão lidos no sentido anti-horário com a linha horizontal do ascendente delineando a Primeira Casa. Então, siga as casas e do lado direito da linha do horizonte na descendente, iniciamos a fazer nosso caminho para o topo do gráfico. Assim concluímos o ciclo com a décima segunda Casa, trecho que faz divisa com o ascendente ao norte.

Identificar como cada planeta e signo trabalham juntos, nos ajuda a olhar para as casas e entender exatamente onde essa energia está se manifestando. A partir da análise de seu mapa, você pode descobrir que tem muitos planetas em algumas casas, enquanto outras estão vazias, e isso é totalmente normal.

_interpretando as casas

Agora que você já tem seu ascendente como guia, é hora de começar a identificar as casas que os planetas ocupam em seu mapa astral. Para isso, você precisa pensar nas funções específicas de cada planeta, por exemplo, Mercúrio é um mensageiro, Vênus é um casamenteiro e Marte é um guerreiro. O que irá determinar como um planeta opera é a influência de cada signo do zodíaco. 

Depois que identificamos a forma que cada planeta e signo trabalham juntos é hora de olhar para as casas para descobrir como a energia está se manifestando. Serão os planetas dentro dessas casas que irão revelar nossas experiências e nuances de personalidade. 

Na verdade, todos iremos experimentar as energias de cada casa ao longo de nossas vidas, isso porque cada planeta possui sua própria órbita mas ainda seguindo o ciclo de 365 dias de sol.

_as casas e seus significados

_primeira casa

A primeira casa é a que define você, representando o corpo com o qual você nasceu, sua aparência física e seu temperamento. Os planetas que ocupam a Primeira Casa tendem a ter uma influência muito forte na vida da pessoa, por exemplo, Mercúrio na Primeira Casa é um sinal de uma pessoa que fala muito. Por ser onde o ciclo inicia, quando os planetas no céu entram nessa casa, nossos objetivos se manifestam e novos projetos, ideias ou perspectivas tomam forma. Essa casa corresponde à energia de Áries.

_segunda casa

Essa casa está relacionada às nossas finanças pessoais, bens materiais e ao conceito de valor. Ela governa não só o dinheiro como também as nossas emoções. Os planetas Natal na segunda casa tendem a buscar segurança por meio do mundo material, já os planetas em trânsito na segunda casa revelam mudanças nos recursos ou na autoestima. A energia dessa casa corresponde a do signo de Touro.

_terceira casa

A terceira casa é responsável por governar nossa comunicação, o transporte e a comunidade local. Os planetas natalinos nessa casa são motivados pela expressão e muitas vezes ajudam a guiá-lo a construir relacionamentos próximos com seus pares, tanto irmãos, como colegas de trabalho. Esse setor precisa de atenção e cuidado, afinal a comunicação é essencial para qualquer relacionamento. Essa casa corresponde à energia de Gêmeos.

_quarta casa

A quarta casa fica na base do gráfico e simboliza o lar e a família. Os planetas natalinos nessa casa revelam a relação de um indivíduo com a figura materna e sua visão sobre a domesticidade. Os planetas que se movem, geralmente nos incentivam a investir em nossa infraestrutura, com espaços mais privados e estimulantes que nos ajudam a nos sentirmos mais seguros, amados e cuidados. Ela é também responsável por reger nossos relacionamentos com pessoas e animais de estimação que são da família, com uma energia que corresponde ao signo de Câncer.

_quinta casa

Ligada à criatividade, ao romance e aos filhos, os planetas natalinos na quinta casa estão ligados à sua expressão artística, enquanto os em trânsito proporcionam momentos de felicidade que aumentam nossa confiança. A quinta casa está diretamente ligada ao nosso bem estar, seja atenção, orgasmos ou um trabalho gratificante de uma maneira criativa.  Esta casa corresponde à energia de Leão.

_sexta casa

A sexta casa corresponde a saúde, bem estar e rotinas diárias. Essa casa, com energia que corresponde à Virgem, irá te lembrar de prestar atenção ao seu bem estar físico e mental, tendo tempo ao Sol e bom equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Os planetas natais aqui localizados são movidos por organização e estrutura e tendem a se concentrar no gerenciamento de tempo e calendário,  já os que transitam, nos ajudam a formar hábitos e redefinir nossos horários.

_sétima casa

A sétima casa é também o descendente, ela fica em frente ao ascendente da primeira casa e representa parcerias que mudam vidas. A sétima casa, ao contrário das outras, simboliza o outro, se referindo a seus parceiros românticos e todos os seus relacionamentos importantes na vida. Quem possui planeta natal nesta casa tende a ser muito focado nos relacionamentos, já os que se movem aqui, nos ajudam a fechar negócios, garantindo nossos laços e assinando contratos. Esta casa corresponde à energia de Libra.

_oitava casa

Essa casa nos lembra que podemos ceder aos nossos desejos, já que iremos morrer algum dia, mas devemos sempre estar prontos para deixar o passado para trás e viver o agora e o futuro. Ligada ao sexo, morte e transformação, pessoas com plantas natais na oitava casa são atraídos por tópicos sobrenaturais ou ocultos, com romances intensos e provavelmente viverão grandes transformações ao longo da vida. Já os planetas em trânsito, nos ajudam a entender o ponto fraco de qualquer situação. A energia, corresponde ao signo de Escorpião.

_nona casa

Os elementos que definem essa casa são viagem, filosofia e educação superior. Quem possui planeta natal aqui são pessoas curiosas, com um grande desejo de viajar. Já quando os planetas se movem pela nona casa, é quando começamos a estudar um novo tópico, mudamos para um país diferente e adotamos uma nova perspectiva de vida. Essa casa, com energia correspondente a Sagitário, nos incentiva a manter a mente aberta e estar disposto a aprender coisas novas.

_décima casa

Essa é a casa que está localizada no topo do seu mapa astral, ela é a casa da popularidade. A casa rege a imagem pública, aspirações e conquistas profissionais. Os planetas natalinos na décima casa revelam uma pessoa ambiciosa e quando os planetas transitam nessa zona, mudanças profissionais podem acontecer. Esta casa corresponde à energia de Capricórnio.

_décima primeira casa

As casas já estão iniciando a sua descida, a décima primeira casa nos ajuda a lembrar do porquê do nosso trabalho árduo e com quem compartilhamos nossas realizações. Esta casa está ligada a atividades humanitárias e nossa rede pessoal, abrangendo nossos amigos e sistemas de apoio. Quem nasceu com planetas nessa casa, possui ideias revolucionárias, já os planetas em trânsito nos ajudam a ampliar nosso alcance dentro da sociedade. Esta casa corresponde à energia de Aquário.

_décima segunda casa

Por ter uma posição no céu logo abaixo do horizonte, a décima segunda casa é considerada como governante de tudo que não possui forma física, como sonhos, segredos e emoções. As pessoas com planetas natais aqui localizados, costumam ser muito intuitivos, já os que possuem planetas que transitam na décima segunda casa, atraem pessoas cármicas, mas é sempre importante lembrar que nem todos os relacionamentos são feitos para durar. A energia dessa casa corresponde ao signo de Peixes.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar