Guia da Acne: Acne por Estresse

por The Look Stealers

Existem diversos fatores que causam o surgimento da acne, como alterações hormonais, má alimentação, tabagismo, uso constante de bebidas alcoólicas e claro, predisposição genética. Outro fator que contribui para o surgimento de acnes e, tem sido uma queixa constante atualmente, é o estresse. Não podemos negar que o número de pessoas estressadas e ansiosas aumentou muito no último ano e, infelizmente, isto reflete em nossa pele, desencadeando a acne por estresse

Este é o tema do nosso Guia da Acne de hoje, onde te contamos como o momento atual transformou a nossa pele, resultando na formação de acne por estresse. A dermatologista, Dra. Silvia Quaggio, nos ajudou a compilar tudo que você precisa saber sobre as espinhas que se desenvolvem pelo estresse, mas reforça que essa é uma causa subjetiva, pois podem haver várias explicações, e por isso, é muito importante consultar um dermatologista para entender o real motivo da sua condição. Além da dermatologista, as nossas leitoras Letícia Werner e Rebeca Santana, dividiram os seus relatos de como é viver com esse tipo de acne. Abaixo, você confere a pauta completa, vem ver:

acne por estresse - acne por estresse - acne por estresse - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Cosmopolitan (Reprodução/Pinterest)

_como surge

A acne por estresse acontece pois, quando estamos estressadas, há maior liberação de cortisol, um hormônio que nosso corpo produz. Essa produção em excesso desalinha a formação de sebo, o que acaba resultando em acnes. 

Como já falamos, não é possível afirmar com certeza o fator que desencadeia a formação desse tipo, mas há estudos sobre como a diminuição da liberação de serotonina produzida pelo intestino, causa produção elevada de sebo pelas glândulas sebáceas, ou seja, o estresse gera maior oleosidade em nossa pele.

_como identificar

Você sabia que o local do rosto que as espinhas surgem difere dependendo da causa? Sim, é verdade, o que torna mais fácil para você identificar se está desenvolvendo acne por estresse.

Os locais que elas costumam aparecer são nas partes mais oleosas do rosto, a famosa zona T, composta pela testa, nariz e queixo. Então, quando você for procurar um dermatologista para tratar espinhas por estresse, fique atenta a estes sinais.

_como tratar

Os cuidados para esse tipo de espinha devem incluir os tratamentos convencionais, como uso de sabonetes faciais específicos para peles oleosas, hidratação e utilização de secativos. 

Se você perceber a formação de acnes durante os momentos mais estressantes, invista em terapia, meditação e atividades físicas - todos estes auxiliam você a se manter mais calma e buscar o equilíbrio. Além dessas medidas, outra dica é adicionar alimentos saudáveis à sua alimentação e evitar açúcar e laticínios, pois eles geram inflamação que irão causar aumento da oleosidade da sua pele.

_relatos

A nossa leitora, Letícia Werner, dividiu conosco que ela nunca teve acne, até a chegada da pandemia. Foi durante esse momento de estresse e medos que ela percebeu alteração em sua pele. Após procurar um dermatologista e investigarem juntos as causas, foi constatado que o motivo de suas espinhas era realmente o estresse. No rosto de Letícia, as espinhas estão mais presentes na mandíbula e testa e, hoje em dia, ela trata com sabonete facial, tônico, hidratante e gel secativo indicado por seu médico. 

Já a Rebeca Santana, conta que por ter ovário policístico, a acne já era presente em sua vida, mas com o passar dos anos melhorou. Hoje, com o fim da faculdade e as incertezas da pandemia, a pele voltou a formar espinhas. Para ela, as espinhas estão mais presentes no rosto e no colo, e além dos passos recomendados pela dermatologista, ela faz acompanhamento com psicóloga.

Você também vai gostar