Guia do cabelo crespo: Descobrindo a curvatura do cabelo

por The Look Stealers

O processo de aceitação e de auto amor é difícil para muitas mulheres, principalmente para mulheres negras. O racismo sofrido com os cabelos é algo que faz com que várias escondam os seus fios naturais, optando por alisamento que acabam comprometendo a saúde das madeixas. Hoje, o número de mulheres em processo de aceitação e liberdade com os cabelos crespos está cada vez maior, e o primeiro passo a ser dado é passar pela transição capilar. É durante essa transição que as dúvidas e medos surgem, já que muitas não tem o conhecimento da real curvatura do cabelo

Existem vários tipos de texturas e por isso é tão importante saber identificar a real curvatura do cabelo, e é a partir deste conhecimento que você saberá a melhor maneira de cuidar dele. Conversamos com a cabeleireira especializada em cabelos naturais, Talita Reis, e ela nos deu dicas de como você pode identificar o seu tipo de fio e como valorizar ainda mais os seus cachos.

Tabela de curvatura dos fios - Tabela de curvatura dos fios - curvatura do cabelo - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Curvatura dos fios (Reprodução)

Na tabela acima você encontra as diferentes curvaturas de cabelo existentes, mas Talita avisa: "talvez você não terá só um tipo de textura, a tabela serve apenas como base para você identificar qual o seu tipo, a curvatura mais parecida e então criar sua rotina de cuidados dos fios". 

A classificação da curvatura do cabelo é feita através da divisão entre quatro grupos. O primeiro são os cabelos lisos, que não apresentam ondulações e geralmente são mais oleosos, os 1A e um 1C normalmente são fios grossos e brilhantes. Já os cabelos tipo 2 são ondulados, estes podem apresentar mais frizz e os fios são mais grossos. 

Mas o nosso foco neste guia é falar dos cabelos cacheados e crespos, então vamos lá:

dîlan - cabelo afro - curvatura do cabelo - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Dîlan (Reprodução/Instagram)

_cabelo tipo 3

Os cacheados são o cabelo tipo 3, eles possuem forma de espiral, parecido com um S, e isso impede a oleosidade do couro cabeludo percorrer pelos fios logo, dando a eles um aspecto ressecado. Por causa dessas características, Talita informa que é necessário sempre manter os fios hidratados e nutridos para então garantir cabelos macios e brilhosos. 

Opte por produtos próprios para nutrição e hidratação para que você reponha o que o cabelo perde e então adapte-os à sua rotina de lavagem dos cabelos. Agora vem entender melhor sobre cada textura do tipo 3:

>3A: Os cabelos desse tipo são brilhosos e possuem raiz mais lisa, mas logo após a raiz os cachos já começam a se formar. Estes cachos são bem grandes e largos. 

>3B: Nesse tipo, a curvatura do cabelo é cacheada desde a raiz e a textura, normalmente, é mais áspera. Os fios são mais encorpados e os cachos mais fechados. 

>3C: Os cachos são mais fechados e assim como o tipo 3B, eles iniciam desde a raiz. Os cabelos desse tipo possuem um nível de ressecamento maior que os outros do tipo 3, e nas pontas o ressecamento é ainda maior, isso faz com que os fios sejam finos e frágeis. 

Mecca James-Williams - cabelo afro - curvatura do cabelo - outono - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Mecca James-Williams (Reprodução/Instagram)

_cabelo tipo 4

Os cabelos de tipo 4 são chamados de crespos, o ressecamento deles é maior do que nos tipos anteriores, isso acontece porque a curvatura do cabelo é mais fechada, logo a oleosidade natural não consegue chegar até o comprimento e as pontas, a curvatura neste tipo chega a ser tão grande que eles podem ficar sem a forma de cacho que conhecemos. É este tipo de cabelo é o mais afetado pelo fator encolhimento, ou seja, eles aparentam ser menores do que realmente são. 

Esse tipo de cabelo é conhecido por possuir muito volume e é um fio que necessita de muita nutrição, se você possui o tipo 4 a dica é investir em óleos vegetais e hidratações. Talita recomenda o uso de produtos naturais e sem parabenos e sulfatos, essas substâncias já são capazes de enfraquecer e ressecar os cabelos, mas é ainda mais forte em texturas crespas e cacheadas. 

Abaixo você confere as divisões do cabelo tipo 4 e então poderá entender qual o seu tipo de fio:

>4A: Esse tipo de cabelo possui cachos super fechados e são bem definidos, ou seja, é possível perceber mais facilmente as curvas dele. São fios mais ressecados e frágeis. 

>4B: O volume é a principal característica deste cabelo. Os cachos são mais unidos deixando os fios mais frágeis. A dica é tomar cuidado na hora do desembaraço para que não quebre os fios e investir em cremes de pentear que possuam óleos na composição.

>4C: O último tipo de cabelo possui irregularidades nos fios, alguns seguem o padrão zigue-zague e outros não possuem a definição de cachos. Esse é o cabelo que o fator de encolhimento é ainda mais forte, além disso, é o tipo mais ressecado e que necessita de mais cuidados. 

Após identificar o seu tipo de cabelo você já pode criar a sua rotina de cuidados baseado na necessidade de cada fio e caso ainda não tenha conhecimento do seu cabelo real, já pode se inspirar através de pessoas que possuam uma curvatura semelhante com a sua. 

Além das dicas oferecidas para cada tipo de cabelo, Talita também recomenda que as cacheadas e crespas evitem usar shampoos com muito sulfato na composição e procurem investir na técnica No Poo e Low Poo. Esta técnica consiste em evitar o uso de produtos que possuam alguns derivados de petróleo, parafinas, ceras, óleo mineral e silicones insolúveis.

Procure sempre por produtos específicos para o seu tipo de cabelo e faça tratamento semanais, eles irão te ajudar a manter fios saudáveis, fortes e brilhantes

Deixe um Comentário
Você também vai gostar