Iris Apfel: o que você precisa saber sobre esse ícone de estilo

por Izabela Suzuki

Enormes óculos redondos, looks maximalistas cheios de vigor e personalidade, influência mundial no universo da moda e ícone de estilo aos 100 anos, convenhamos que essas características são para poucos, sustentar todos esses atributos por tanto tempo é uma tarefa difícil, mas não para Iris Apfel, que há, mais ou menos, sete décadas, vem sendo celebrada pela sua ruptura de padrões e sua forma de se vestir — indo contra todos as regras normativas sobre vestimentas.

Iris Apfel também foi uma das primeiras mulheres a usar calças jeans no início da década de 40 — isso quando ainda nem existiam opções femininas —, de acordo com ela, sua opção de usar peças do vestuário masculino eram uma declaração do direito feminino e, claro, de moda. A designer sempre se viu livre para se expressar através dos seus visuais, e não é justamente sobre isso que a moda se trata? O poder de conseguir se manifestar através das roupas é algo indiscutível e Iris faz isso como ninguém. Ela, que se denomina a “adolescente mais velha do mundo”, tem uma história incrível e queremos contá-la a você:

sua jornada

Filha única de uma família judia, Iris Apfel nasceu no ano de 1922 em Nova York, no Queens. Os pais podem ter sido uma das maiores influências no seu estilo, uma vez que seu pai importava antiguidades da Alemanha — instrumentos musicais e brinquedos —, e mais tarde assumiu uma empresa de espelhos vintage. Já sua mãe, apesar de ter desistido da faculdade quando engravidou de Iris, abriu seu próprio negócio de moda algum tempo depois, mais especificamente uma boutique

Iris Apfel - vestido branco de mangas bufantes - Iris Apfel - verão - em pé na rua - https://stealthelook.com.br
Foto: Iris Apfel (Reprodução/Instagram)

Formada em história da arte pela Universidade de Nova York e também pela Universidade de Wisconsin, Apfel — assim como muitas pessoas que compartilham de uma paixão pela moda —, já sonhou em trabalhar com jornalismo e se tornar uma grande editora, e assim fez, começou pelos primeiros degraus, tornando-se office girl no jornal WWD, na época, um dos maiores veículos fashion.

Lá, ela trabalhou como assistente de ilustração de moda, junto de Robert Goodman e mais tarde veio a conhecer a designer de interiores, Elinor Johnson, com quem trabalho alguns anos depois. Iris não decolou na carreira de moda como desejava, mas isso não a impediu de continuar apaixonada por esse universo, tanto é que foi graças aos seus looks extravagantes que ela conquistou sua fama.

Não podemos entender isso de forma vaga, afinal, foi a sua maneira de enxergar as roupas que conquistou tantas pessoas ao redor do mundo. De certa forma, a rebeldia no seu visual, as misturas de estampas, os acessórios coloridos, todos eles juntos, parecem funcionar e encantar.

o problema de hoje, é que todo mundo quer ser parecer com todo mundo (…), se formos direito ao assunto, você precisa se encontrar antes de encontrar seu estilo”

Iris Apfel e Carl Apfel - blusa com franjas - Iris Apfel - Outono - Foto de acervo - https://stealthelook.com.br
Foto: Iris Apfel e Carl Apfel (Reprodução/Instagram)

iris e carl apfel

Iris foi casada por 68 anos com Carl Apfel — o grande amor da sua vida. Eles se conheceram quando se hospedaram em um mesmo hotel no ano de 1947 e não demorou muito mais que alguns meses para que Apfel subisse ao altar e dissesse sim, detalhe, usando um vestido de renda rosa e sapatos combinando, acessório que ela guarda até hoje em uma caixa. 

Carl infelizmente faleceu aos 100 anos em 2015, mas juntos eles trilharam uma história de amor digna de filme. Como ambos compartilhavam pelo mesmo interesse por tecidos e eram, além de um casal, bons amigos, em 1950 eles fundaram a Old World Weavers, uma empresa têxtil especializada em restaurar móveis e tecidos para casas.

O negócio foi um sucesso, tanto que é Iris Apfel possui um extenso currículo de restaurações dentro da Casa Branca, onde trabalhou com 9 presidentes norte-americanos, de Truman a Clinton. Sua expertise e paixão pelo negócio, levaram o casal a viajar para lugares como Turquia, Marrocos, Líbano e por aí vai. Por conta disso, Iris se tornou uma colecionadora voraz de peças vintage, todas garimpadas em brechós ou feiras que visitava. 

Coleção Rara Avis de Iris para o Metropolitan Museum of Art - vestido em camadas e acessórios - Iris Apfel - Inverno  - foto de mão em um fundo branco - https://stealthelook.com.br
Foto: Coleção Rara Avis de Iris para o Metropolitan Museum of Art (Reprodução)

celebridade aos 84 anos

Apesar de terem vendido a empresa em 1992, o casal continuou trabalhando pela marca por mais 13 anos, ou seja, até 2005. Iris Apfel estava bem aposentada da indústria de design de interiores, quando, aos 84 anos ela foi convidada por Harold Koda — curador do Met's Costume Institute —, a exibir sua coleção de roupas e acessórios, ele entrou em contato com a esperança de conseguir mostrar a todos o seu senso de moda único e extasiante.

Koda, que enfrentava um cancelamento de última hora da exposição previamente agendada, precisava de algo convincente para atrair a atenção do público. Graças a isso, em 2005, Iris se tornou a primeira colecionadora de moda, que não era uma designer, a ter uma coleção homenageada pelo museu.

Em Rara Avis: Selections from the Iris Apfel Collection, o museu destacou tudo! Desde seus icônicos óculos mais extravagantes até os seus casacos mais incríveis. A exibição foi um sucesso, a vida desse ícone de estilo virou de ponta cabeça e seu reconhecimento mundial dentro da moda, finalmente aconteceu. 

modelo, barbie e capa de revista

Dentre tantos feitos incríveis durante a sua trajetória, podemos destacar o fato dela ter sido a primeira pessoa mais velha do mundo, a ter uma boneca própria, sim, em 2018 a Mattel criou uma Barbie Iris Apfel e fizeram questão de colocá-la vestindo o seu tradicional terninho verde da Gucci. 

Aos 97 anos, ela assinou um contrato de modelo com a agência IMG Models — a mesma que representa as irmãs Haddid —, e também é a mulher mais velha do mundo a estampar uma capa de revista de moda. Iris já esteve presente em muitas campanhas publicitárias, tais como MAC Cosmetics e Kate Spade. Além disso, a empresária já lançou uma linha de óculos com a Zenni Eyewear e, pasme, são mais de 100 peças assinadas por ela, todas do seu jeitinho mais chamativo, claro.

Quando completou 98 anos, contou sua história através do livro “Iris Apfel: Accidental Icon”, além de tudo, ela também é escritora e conta com 4 livros publicados. Mais recentemente, em agosto de 2021, outro grande reconhecimento: ela ganhou o prêmio Andrée Putman Lifetime Achievement Award — que celebra e reconhece a visão singular da carreira de Apfel, enquanto ela continua a impulsionar o mundo do design.

Iris Apfel - calça jeans e jaqueta branca de franjas - Iris Apfel - Outono - Parada em frente ao seu closet - https://stealthelook.com.br
Foto: Iris Apfel (Reprodução/Instagram)

as lições que aprendemos

Olhar o mundo sob a nossa perspectiva e deixá-la aflorar é uma tarefa complicada, afinal, como a própria senhora disse, hoje todos querem ter um estilo similar, muitos acreditam que é necessário seguir um padrão e obedecer regras da moda que, muitas vezes, só nos impedem de ser que queremos ser. Tudo isso pode soar de maneira clichê, mas não deixa de ser algo importante para se refletir, afinal, temos que percorrer um longo caminho até descobrirmos quem somos de fato.

Iris preza pela espontaneidade, é adepta da ideia do “mais é mais” e bate na tecla sobre não se levar tão a sério, são tantos conselhos sutis dados através de entrevistas e ao longo de uma vida centenária, que poderíamos ficar horas destrinchando-os por aqui.

Para finalizar, fique com uma frase cômica — e muito real —, dita por Iris uma vez: “ousar e experimentar nunca é demais. Se você cometer um erro, tudo bem, são apenas roupas. A polícia da moda não virá para te jogar na cadeia”. Ou seja, divirta-se.

Você também vai gostar