Todas as suas dúvidas sobre máscara facial respondidas

por Giulia Coronato

Com vacina ou sem vacina, a máscara facial provavelmente ainda será parte de nossa realidade durante muitos anos. Além de nos proteger de vírus e bactérias, as máscaras oferecem benefícios para a saúde de diversas pessoas a longo prazo, principalmente para quem tem doenças respiratórias. 

Desde o início da pandemia do coronavírus e do isolamento social, tivemos que aprender a lidar com a máscara facial e colocá-la como item obrigatório no nosso cotidiano. Com tanta demanda, milhares versões de máscaras surgiram no mercado - algumas de eficácia duvidosa. Portanto, é inevitável que hajam dúvidas e para esclarecer as maiores e mais frequentes questões acerca da máscara facial, pedimos socorro para a Dra. Evanthia Vetos, infectologista do Hospital das Clínicas de São Paulo. Hoje, a Dra. Evanthia esclarece tudo pra nós.

It girls - Máscara facial - Máscara facial - Verão - Street Style - https://stealthelook.com.br
Foto: Anna Winck (Reprodução/Instagram)

_a máscara facial realmente causa espinhas?

E.V.: Sim, a máscara pode sim causar ou piorar quadros de acne. Isso acontece porque ela causa um abafamento na região do rosto, diminuindo a circulação de ar e do contato da pele com o ambiente, fazendo uma espécie de obstrução dos poros. Outro fator que pode influenciar no aparecimento de espinhas ou outras erupções faciais é o contato constante com o material da máscara, causando um atrito e irritando a pele.

_a longo prazo, o uso das máscaras nos deixará menos imunes por falta de contato com bactérias?

E.V.: Não! O uso de máscaras não vai nos tornar menos imunes por falta de contato com bactérias. Estamos o tempo todo em contato com elas, durante toda nossa vida em casa, no trabalho e nas atividades de lazer. A máscara, na verdade, traz benefícios além da proteção contra o COVID-19. Inclusive, já foi observada uma queda no número de outros quadros virais respiratórios e também uma melhora ou diminuição em casos de rinite alérgica, por exemplo.

_como medir a eficácia da máscara que comprei?

E.V.: Com a variedade de máscaras que existem no mercado atualmente é difícil falar da eficácia de todas elas. O recomendando pela comunidade medica é usar a máscara cirúrgica por baixo e uma de tecido por cima, para evitar o máximo possível o contato com o vírus. Já para quem trabalha em serviços essenciais, principalmente no meio da saúde, é indicado o uso da N95.

_a máscara facial me protege 100% do coronavírus?

E.V.: Infelizmente, a máscara não nos oferece 100% de proteção. Mas, é a forma mais eficaz de evitarmos contato com o vírus - algumas máscaras podem dar 90% de proteção ou mais, como a N95. Atenção: muito cuidado para não contaminar a máscara com as mãos na hora de manusear ou ajustá-la no rosto! Deve se ajustar pelas laterais e pelo elástico, nunca colocando a mão em contato com o tecido que cobre a face.

_com qual frequência devo lavar minha máscara reutilizável?

"A máscara facial reutilizável deve ser lavada diariamente com agua e sabão, e colocada para secar no sol. Nunca saia apenas com uma máscara, sempre leve pelo menos mais duas para trocar a cada 2 horas ou se ficar molhada. É importante ressaltar que as máscaras devem ficar bem ajustadas no rosto, cobrindo nariz, boca e queixo, não podendo ter espaço nas laterais."

_como limpar minha máscara corretamente?

E.V.: Como eu disse anteriormente, a máscara facial reutilizável deve ser lavada diariamente com água e sabão ou também pode ser deixada de molho em uma solução com hipoclorito de sódio por aproximadamente 20 minutos. Após a higienização correta, deixa a máscara secando no sol e só volte a usá-la quando estiver completamente seca. A máscara perde sua funcionalidade se estiver molhada.

_é verdade que as máscaras de malha e tricô não funcionam?

E.V.: As máscaras de tricô e crochê não oferecem a vedação necessária para a proteção contra o coronavírus. Elas têm espaços abertos em suas tramas e o vírus pode facilmente penetrar por ali. Além disso, elas são mais difíceis de higienizar por completo, então o ideal é se manter longe desse tipo de máscara!

Deixe um Comentário
Você também vai gostar