Burberry, junto à My Wardrobe HQ, lança serviço de aluguel e revenda

por The Look Stealers

Com o aumento da preocupação pelo consumo consciente e a procura por marcas que prezam pela sustentabilidade, as marcas de luxo encontraram no mercado de moda circular uma das soluções a longo prazo para atender a essas demandas. Em parceria com a plataforma My Wardrobe HQ, conhecida por seu serviço de aluguel e revenda de itens de luxo, a britânica Burberry se lançou neste mercado, como complemento de sua estratégia de praticar uma moda sustentável e se tornar mais positiva até 2040.

Essa nova empreitada de Burberry, busca atingir um público mais jovem através da acessibilidade do produto, público esse que está no começo de sua vida profissional e consequentemente, ainda não possui rendimentos maiores. O que faz todo sentido, uma vez que os valores praticados de Burberry dentro da plataforma My Wardrobe HQ são consideravelmente menores, onde os interessados encontram produtos que custam a partir de oito libras, para aluguel e noventa libras para venda. Continue por aqui que te contamos um pouco mais.

Burberry|My Wardrobe HQ - peças burberry - Burberry - Verão 2022 - na rua - https://stealthelook.com.br
Foto: Burberry|My Wardrobe HQ (Reprodução)

A parceria, que já é um sucesso, entre Burberry e My Wardrobe HQ, que evidencia e prioriza os conceitos da economia circular, apresenta uma curadoria de peças clássicas da marca, que vão desde o famoso casaco de gabardine com familiar forro xadrez até acessórios, como lenços e bolsas ícones da marca. Os itens selecionados, em sua grande maioria, foram doados para a marca britânica por seus próprios clientes, como uma espécie de logística reversa. Na categoria também são encontradas peças anunciadas por terceiros, diretamente na plataforma de aluguel e revenda. Os preços dos itens de vestuário variam de 8 a 75 libras, para aluguel e 90 a 1000 libras para venda, enquanto os acessórios variam de 9 a 23 libras, o aluguel e 225 a 675 libras à venda. Um fato interessante é que quarenta por cento dos lucros obtidos pelas vendas de cada produto Burberry na plataforma da My Wardrobe HQ será revertido para a instituição de caridade britânica Smart Works, que atende mulheres desfavorecidas e desempregadas.

Burberry|My Wardrobe HQ - peças burberry - Burberry - Verão 2022 - na rua - https://stealthelook.com.br
Foto: Burberry|My Wardrobe HQ (Reprodução)

O passo dado pela marca britânica, Burberry, rumo à economia circular visando práticas mais sustentáveis é um movimento relativamente novo e pontual no mundo das marcas de luxo, com tendências promissoras de crescimento para os próximos anos e que já possui outras marcas de luxo adeptas, como Balenciaga, Ralph Lauren e Gucci. Nos aprofundando mais no assunto, vemos que essas práticas e parcerias com plataformas de aluguel e revenda impactam diretamente na forma como as mesmas enxergam sua cadeia produtiva. Dizendo de forma mais clara, essas ações ajudam a própria marca a mensurar o volume de suas produções em relação a real necessidade do mercado. Além de possibilitar o acesso a produtos de luxo de forma mais abrangente para o consumidor.

Burberry|My Wardrobe HQ - calça burberry - Burberry - Verão 2022 - na rua - https://stealthelook.com.br
Foto: Burberry|My Wardrobe HQ (Reprodução/Instagram)

O serviço de revenda já é um pouco mais conhecido no mercado da moda de luxo e faz sucesso, principalmente, entre consumidores mais jovens, que formam uma nova base de clientes. Temos que levar em consideração o aumento na procura desses produtos de alto padrão não só pelas classes mais altas, mas também pelo público de classe média. Já o serviço de aluguel ainda é uma prática que gera insegurança por parte do cliente, justamente por ser um conceito muito novo, além de existir uma certa polêmica envolvendo a eficácia desses serviços em relação à sustentabilidade. A verdade é que as análises e estudos que permeiam tais práticas ainda são poucos abrangentes, já que não levam em consideração todos os aspectos que envolvem tais processos.

Os interessados em conhecer e testar uma peça Burberry, podem alugar os itens de 4 a 14 dias, e, como acontece em grande parte dos casos, adquirir um modelo para chamar de seu, tudo diretamente do site da My Wardrobe HQ. Infelizmente os serviços de aluguel e revenda da plataforma ainda é restrito para o Reino Unido e Europa, mas a empresa pretende expandir seus negócios para os Estados Unidos em breve - e quem sabe para o Brasil, já que nosso país é um dos que mais consome produtos de luxo no mundo.

Você também vai gostar