Mini lifting facial: o que é, como fazer e quais os benefícios

por Inaê Ribeiro

O assunto procedimentos estéticos gera diversas conversas, mas não podemos negar que percorremos um longo caminho. Se antes precisávamos de semanas, senão meses para nos recuperarmos de uma cirurgia, hoje encontramos algumas opções que são menos invasivas, como é o caso do mini lifting facial. 

O procedimento é ideal para quem busca definir os traços do rosto de uma maneira efetiva, mas sem precisar de uma longa recuperação. Ficou curiosa para conhecer mais sobre o mini lifting facial? Vem que te contamos tudo o que você precisa saber antes de realizar o procedimento.

@af94_ - pele-madura-skincare-antissinais-antienvelhecimento - lifting facial - inverno  - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: @af94_ (Reprodução/Instagram)

o que é o mini lifting facial

Sendo bem objetivas, o mini lifting facial é a versão menos invasiva do lifting completo. Ele é um procedimento relativamente rápido, principalmente se comparado com a versão completa, que ajuda a tratar as linhas do maxilar e as bochechas caídas, de uma maneira sutil, mas eficiente. É um tratamento destinado à pele solta e aos sinais de envelhecimento da face, principalmente a área entre os cantos dos olhos e os cantos da boca e a papada. 

Apesar do procedimento não ser tão invasivo como o lifting facial completo ele ainda sim requer a aplicação da anestesia. No entanto, a recuperação é mais curta, uma vez que o mini lifting facial realiza uma incisão mais curta, que começa na têmpora e se estende até a frente do lóbulo da orelha. Com a pele aberta, os tecidos são reposicionados e apertados, e o excesso de pele é removido. Assim, temos uma cicatriz mais curta, uma recuperação mais rápida e uma pele rejuvenescida. Ah! É importante dizer que o mini lifting não é permanente, seus resultados duram cerca de cinco a dez anos.

os benefícios

Os benefícios do mini lifting facial estão diretamente ligados ao fato dele não ser tão invasivo. Já que ele oferece uma recuperação mais rápida, cicatrizes menores e uma dor consideravelmente pequena. 

Além disso, o procedimento é uma ótima escolha para quem já testou o botox ou o preenchimento para elevar o queixo e bochechas caídas, mas não obteve um resultado. O mini lifting facial é um dos procedimentos estéticos mais amados justamente pelos benefícios oferecidos. Ele ainda é mais barato que o lifting completo, o que o torna ainda mais atrativo.

Renia Jaz - pele-madura-skincare-antissinais-antienvelhecimento - lifting facial - inverno  - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Renia Jaz (Reprodução/Instagram)

o que você precisa saber antes de realizar

Primeiramente é importante saber que o procedimento não exclui a necessidade de aplicar botox ou preenchimento facial, caso seja o que você busca, é claro. Isso porque esses dois tratamentos, unidos ao lifting, ajudaram a obter um resultado mais agradável, esteticamente falando. 

Se você se interessou pelo procedimento, existem ainda outras perguntas que devem ser feitas antes do seu agendamento, afinal ainda é uma cirurgia, mesmo que pequena. Então o primeiro passo é buscar por um cirurgião qualificado, em que você confie, assim você poderá fazer todas as perguntas necessárias, descobrir como se preparar e claro, ter a certeza de que o resultado final será satisfatório. 

Já sobre o pós procedimento, normalmente, logo após você já poderá ir para casa, desde que não seja dirigindo, por isso é importante ter alguém que te acompanhe no dia. Além disso, você precisará ficar de repouso alguns dias, então se organize para combinar a licença onde você trabalha. Devemos lembrar que a recuperação é diferente para cada pessoa, por isso mantenha a calma e converse com o seu médico.

possíveis efeitos colaterais

As complicações do mini lifting facial são raras, entretanto, é comum sentir inchaço, desconforto e hematomas após o procedimento. Esses sinais são habituais nos procedimentos cirúrgicos, mas diminuem em algumas semanas. Raramente existe o risco de danificar os nervos faciais, isso ocorre quando o procedimento é realizado muito próximo dos nervos que inervam todos os músculos do rosto. 

Além disso, apesar das cicatrizes serem rasas e pequenas, elas ainda são uma realidade, afinal, é realizada uma incisão na pele.

Victoria Pedretti - pele-maquiagem - lifting facial - inverno  - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Victoria Pedretti (Reprodução/Instagram)

conclusão

O mini lifting facial é uma ótima opção para quem deseja um resultado mais natural e menos invasivo. Mas devemos sempre lembrar que a nossa pele e nossas características mudam com o passar dos anos, as rugas e linhas de expressão são normais e presentes em todas nós.  

LEIA MAIS:

Como o uso das redes sociais aumentou a busca por cirurgias plásticas no Brasil

Os filtros do Instagram estão impactando negativamente nossa autoestima? 

Precisamos falar sobre: neutralidade corporal e edições exageradas

Precisamos falar sobre: a cultura do glow up

Você também vai gostar