Guia da pele sensível: como identificar e quais são as causas

por Inaê Ribeiro

O primeiro passo para criar nossa rotina de skincare ideal é saber identificar o nosso tipo de pele. Existem quatro tipos básicos de pele: a oleosa, a normal, mista ou seca, e é a partir dessa definição que saberemos quais produtos utilizar. Entretanto, todas estas estão sujeitas a sofrerem com a sensibilidade. Sim, ao contrário do que muitos pensam, a pele sensível não é um dos tipos, mas sim uma característica. 

Todas as peles podem ser sensíveis, você pode ter uma pele oleosa sensível ou uma pele seca sensível. E assim como você consegue controlar a oleosidade ou a falta de hidratação, também é possível amenizar a sensibilidade. Se você já notou que não pode utilizar qualquer tipo de produto ou que a vermelhidão é algo recorrente, esses são sinais de que você pode ter a pele sensível. Mas não se preocupe, como falamos, o quadro pode ser controlado, então vem com a gente aprender como identificar a condição e quais são os problemas comuns à pele sensível.

Stine Munch Heintzelmann - pele-sensivel - pele sensível - inverno  - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Stine Munch Heintzelmann (Reprodução/Instagram)

o que é pele sensível

A pele sensível é uma característica genética, ou seja, você nasce com ela presente, mas ela pode se manifestar em diferentes estágios da vida, desde a infância até a velhice. A pele com essa particularidade está mais suscetível à vermelhidão, inflamação e ressecamento. Além de possuir uma barreira protetora natural enfraquecida, o que a deixa mais suscetível a sofrer com os incômodos causados por fatores externos.

@rafeekalove - pele - pele sensível - inverno  - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: @rafeekalove (Reprodução/Instagram)

as causas

Existem diferentes causas para o desenvolvimento da pele sensível, desde questões ligadas a quadros alérgicos até aquelas naturalmente sensíveis, que incluem a rosácea, eczema e psoríase. Outras causas comuns são a sensibilidade devido ao ambiente, como a exposição solar e poluição, ou aquelas peles reativas, que se sensibilizem com o uso de um novo cosméticos.

Além dessas, existem também as peles sensíveis mais finas devido ao envelhecimento, e as que desenvolvem sensibilidade durante a gravidez.

Sasha Mei - skincare - pele sensível - inverno  - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Sasha Mei (Reprodução/Instagram)

como identificar

A identificação da pele sensível deve ser feita primeiramente por você, observando todos os sinais que ela apresenta. Se ela é ressacada, se fica vermelha ao usar certo produto ou se há coceira. Sinais identificados, é hora de consultar um dermatologista para que ele informe qual é a causa, e então, juntos vocês podem bolar um plano de tratamento.

Se você se identificou com os sinais acima não se preocupe, a partir de agora basta fazer algumas mudanças no seu skincare para ter uma cútis saudável. E para te ajudar, durante o mês de junho iremos te ensinar como tratar e o que usar na pele sensível, então fique atento e comente aqui o que você gostaria de aprender!

LEIA MAIS:

O que não fazer com sua pele caso você tenha rosácea

As diferenças entre pele sensível e pele sensibilizada

Os sabonetes faciais mais gentis para quem tem pele sensível

Você também vai gostar