Guia do Skincare: a importância da limpeza de pele profunda

por Inaê Ribeiro

Estamos sempre em busca de maneiras de aprimorar a nossa rotina de skincare, seja através de novos cosméticos ou de ferramentas e tecnologias que ajudam a garantir uma pele mais saudável e bonita. Porém, sabemos que existem processos essenciais que não devem ser ignorados como a limpeza de pele profunda, que pode ser feita periodicamente com a ajuda de um profissional.

Esse tipo de limpeza vai além do que fazemos diariamente em casa e é um tratamento benéfico para a pele, principalmente para a oleosa, a mista e a acneica. Não por acaso, é recomendado por dermatologistas. A técnica ajuda a controlar a oleosidade, o que resulta na diminuição da formação de cravos e espinhas, além de amenizar as manchas e proporcionar uma renovação celular.

Como dissemos anteriormente, a limpeza de pele profunda deve ser feita com um profissional, de tempos em tempos, porém isso não nos impede de manter um ritual diário de cuidados da pele em casa. Hoje, vamos te ensinar como higienizar a cútis e entender melhor a importância dessa etapa, obrigatória em qualquer rotina de skincare.

Drake - limpeza-de-pele-profunda - limpeza de pele profunda - verão - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Drake (Reprodução/Instagram)

o que é

A limpeza de pele profunda é um tratamento que tem como objetivo a remoção de cravos (abertos ou fechados), o controle da oleosidade da pele e a prevenção da formação de espinhas. Deve ser realizado por um profissional, de maneira segura para que realmente diminua ou previna lesões inflamatórias e não inflamatórias. Em resumo, é um procedimento que proporciona uma pele mais saudável, sem a presença dos famosos pontinhos pretos.

Corrine Reed - limpeza-de-pele-profunda - limpeza de pele profunda - verão - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Corrine Reed (Reprodução/Instagram)

quem deve fazer

Apesar dos benefícios serem mais visíveis na oleosa, todos os tipos de pele podem passar por uma limpeza de pele profunda, o que muda é a frequência que o tratamento deve ser realizado.

Peles oleosas, com tendência a formação de acne, devem fazê-lo com uma regularidade maior, cerca de uma vez por mês. Já as cútis sensíveis ou que possuem rosácea ou melasma, podem realizar o procedimento de dois em dois meses, sempre utilizando produtos mais delicados com menos conservantes.

Independentemente de você conhecer o seu tipo, antes de buscar uma limpeza de pele profunda, é importante que consultar o dermatologista para que ele te indique a melhor periodicidade e os cuidados necessários.

LEIA MAIS:

Guia do skincare: como hidratar a pele de todos os tipos

Skincare acessível: como montar um nécessaire básico até R$ 90

Os novos aparelhos de beleza que vão transformar sua rotina de skincare

Qual ordem devo aplicar meus produtos de skincare?

SouKeyna Diouf - limpeza-de-pele-profunda - limpeza de pele profunda - verão - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: SouKeyna Diouf (Reprodução/Instagram)

os benefícios

O grande benefício é que o tratamento proporciona uma higienização completa e profunda na pele, além de ajudar a remover os cravos sem deixar manchas, uma consequência negativa muito comum quando tentamos fazer o mesmo em casa.

A limpeza de pele profunda ainda auxilia na diminuição das lesões inflamatórias e promove uma renovação das células mortas, o que ajuda a melhorar a circulação no local. Com uma pele mais saudável, com boa circulação, os ativos dos cosméticos são melhor absorvidos, potencializando assim o seu resultado. 

lizzo - limpeza-de-pele-profunda - limpeza de pele profunda - verão - brasil - https://stealthelook.com.br
Foto: Lizzo (Reprodução/Instagram)

como fazer

A limpeza de pele profunda deve ser realizada por um profissional, mas é possível cuidar e higienizar muito bem a cútis em segurança em casa também, desde que você siga os passos corretos. Abaixo listamos qual a ordem mais recomendada das etapas de limpeza, mas é fundamental reforçar que é importante consultar o dermatologista antes de seguir qualquer passo.

higienização

Para remover o acúmulo de maquiagem e impurezas, o primeiro passo é a limpeza. Utilize sabonetes faciais que possuem ação seborreguladora e com ativos como ácido salicílico ou glicólico, que ajudarão a melhorar a textura da pele.

esfoliação

A esfoliação é o passo que removerá a camada mais superficial da pele, onde há o acúmulo de células mortas. O procedimento usa produtos que possuem microesfoliantes ou grânulos bem delicados, e deve ser feito em movimentos circulares, sem muita fricção para que a área não sofra agressões e fique sensível.

Atenção: quem possui espinhas inflamadas ou pele sensível deve fazer o passo com um produto específico, indicado por um dermatologista responsável.

vaporização e extração

Esses dois passos devem ser realizados apenas por um profissional, mas é importante que você os conheça e entenda. A vaporização tem como objetivo a abertura dos poros por meio da aplicação do vapor de ozônio ou até mesmo de água. Com a abertura dos poros, o passo seguinte, que é a remoção dos cravos, se torna mais fácil. A extração dos pontos pretos é o passo mais perigoso, pois se feito de maneira errada pode causar manchas na pele, então segure a ansiedade e deixe o seu esteticista fazê-lo de forma segura.

hidratação

Agora estamos chegando à fase final do tratamento, onde devemos aliviar e repor água da pele. Para isso, aposte em máscaras faciais calmantes e hidratantes, e na água termal, pois ela aumenta os minerais anti inflamatórios e antioxidantes na superfície da cútis. 

Na hora de escolher a máscara, observe qual a necessidade da sua pele. Por exemplo, as mais ressecadas e sensíveis devem optar por opções hidratantes enquanto as acneicas e oleosas, devem preferir por máscaras com ativos  seborreguladores.

proteção solar

Por último, um passo que deve estar em nossa rotina diária de skincare: a proteção solar. Além de ser essencial para nos blindar dos efeitos malignos da exposição solar e à luz como um todo, essa etapa evita a formação de manchas e irritações, já que a pele fica mais sensível logo após a limpeza de pele profunda, por isso deve ser protegida (mais ainda!) dos raios solares.

Deixe um Comentário
Você também vai gostar